Diversificação de Atividades na Exploração | Distritos de Portalegre e Évora

Diversificação de Atividades na Exploração | Distritos de Portalegre e Évora

Medida de Apoio

10.2.1.3 | Diversificação de Atividades na Exploração | PDR2020 | LEADERSOR - Associação para o Desenvolvimento Rural Integrado do Sôr

 

Datas de Candidatura

Entre 5 de dezembro de 2019 e 14 de fevereiro de 2020

 

Nível de Investimento

Entre 10.000 € e 200.000 €

 

Taxa de Apoio

A fundo perdido, até ao limite máximo de 150.000 €

Nível de apoio de 50% com criação líquida de postos de trabalho, e de 40 % sem criação líquida de postos de trabalho

 

Área Geográfica

Totalidade dos concelhos de Alter do Chão, Avis, Fronteira, Gavião, Mora e Ponte de Sôr (todos pertencentes aos distritos­ de Portalegre e Évora)

 

Despesas Elegíveis

Elaboração de estudos e projetos de arquitetura e de engenharia associados ao investimento, desde que realizadas até seis meses antes da data de apresentação da candidatura, até ao limite de 5 % da despesa elegível total aprovada da operação

Software aplicacional, propriedade industrial, planos de marketing e branding

Beneficiação, adaptação ou recuperação de construções

Construções

Aquisição de equipamentos

Aquisição de viaturas e outro material circulante indispensável à atividade objeto de financiamento

Outro tipo de despesas associadas a investimentos intangíveis indispensáveis à prossecução dos objetivos do projeto

 

Intervenções a Apoiar

Unidades de alojamento turístico nas tipologias de turismo de habitação, turismo no espaço rural nos grupos de agroturismo ou casas de campo, alojamento local de curta duração e em meios móveis, parques de campismo e caravanismo e de turismo da natureza

Serviços de recreação e lazer, incluindo organização de atividades de animação turística, e atividade dos parques e reservas naturais

Diversas outras atividades, desde restaurantes típicos e de tipo tradicional, comércio de produtos alimentares em estabelecimentos especializados, atividades educativas e desportivas, produção de licores e aguardentes, entre outras

Atividades dos serviços relacionados com a agricultura, e com a silvicultura e exploração florestal

 

 

Beneficiários

 

Pessoas singulares ou pessoas coletivas que exerçam atividade agrícola

Membros do agregado familiar das pessoas singulares acima referidas, ainda que não exerçam atividade agrícola

 

Objetivos

 

Estimular o desenvolvimento, nas explorações agrícolas, de atividades que não sejam de produção, transformação ou comercialização de produtos agrícolas, criando novas fontes de rendimento e de emprego

Contribuir diretamente para a manutenção ou melhoria do rendimento do agregado familiar, a fixação da população, a ocupação do território e o reforço da economia rural

 

Documentos de Apoio

Portaria n.º 152/2016

OTE n.º 29/2016

Anúncio de Abertura

 

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 911768809.